Mulheres que Inspiram

Luz Além das Formas

Madalena Bento de Mello

Madalena Bento de Mello é artista plástica e psicóloga residente em Nova Friburgo, Rio de Janeiro, Brasil.

Em sua expressiva obra artística explora a luz mais do que as formas cujo protagonismo representa uma maravilhosa experiência de liberdade e de conexão com sua identidade genuína. A produção de suas pinturas está em relação direta com um trabalho interno de autoconhecimento e evolução enquanto ser humano, buscando fazer de sua arte uma contribuição para o surgimento de um mundo mais harmonioso, pacífico e alegre.

Suas vibrantes pinturas são inspiradas pelas cores intensas e texturas exóticas da flora brasileira, bem como pela obra do mestre impressionista E. C. Monet, sendo sempre um processo de criação intuitivo. Autodidata, a artista trabalha com espessas camadas de tinta a fim de alcançar maior profundidade e vivacidade, utilizando tinta acrílica e espátula.

mulheres-que-inspiram-artnow-madalena-bento-de-mello
mulheres-que-inspiram-artnow-madalena-bento-de-mello
mulheres-que-inspiram-artnow-madalena-bento-de-mello
mulheres-que-inspiram-artnow-madalena-bento-de-mello

A exuberância cromática, o movimento, o relevo e o brilho, bem como a espontaneidade, são elementos sempre presentes e que resultam de grande gestualidade. Graduou-se em Psicologia em 1986, recebendo o título de especialista em Saúde Mental em 1994. Ao longo de duas décadas dedica-se ao seu ateliê de pintura, participando de mostras coletivas em Nova Friburgo e em Búzios. Sua arte ultrapassou fronteiras ao ser apresentada na Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Buenos Aires, Argentina, em 2018.

No Rio de Janeiro suas obras encontram espaço em exposições coletivas no Centro Cultural dos Correios e ganham residência permanente na galeria de arte “Espaço BB”, Shopping Cassino Atlântico, Copacabana.

mulheres-que-inspiram-artnow-madalena-bento-de-mello

Madalena também cativou o público com suas mostras individuais como “Diálogos com Monet”, realizada na Universidade Cândido Mendes, em 2016 e em locais emblemáticos como a Casa Suíça e a Aliança Francesa. Ao criar um caminho artístico liberto de amarras, padrões ou direcionamentos externos e intrinsecamente conectado à profundidade, à beleza e à riqueza de seu universo interior, Madalena revela uma jornada que transcende a pintura, buscando alcançar a essência de cada espectador.

Sua arte não é apenas visual, não é apenas estética, mas convida para uma experiência transformadora interior, convida para um diálogo e uma conexão com o que pode haver de mais vibrante e grandioso em cada ser.

plugins premium WordPress
error: Content is protected !!